Cheguei aos 35.000 Km

Oi pessoal,

Cheguei aos 35.000 km rodados com o Meu Logan!
Logo depois de atingir essa marca fui "contemplado" com o problema no marcador de combustível tão falado na comunidade do orkut.

Encho o tanque e o marcador funciona corretamente.
Depois de alguns tempo (1 ou 2 dias) ele começa a fazer marcações erradas. Hora mostrando o tanque cheio, hora acende a luz da reserva. Depois de mais alguns dias a luz da reserva acende e não apaga mais.
Nem mesmo o procedimento mostrado em http://www.meulogan.com/2008/10/modo-diagnstico-do-painel-do-logan.html funciona, fica sempre marcando 1 litro.

Liguei pra Eurovia semana passada e quando falei do problema no marcador o técnico nem perguntou mais nada, já marcou a data da troca. Até parece que o problema é MUITO comum.

A troca está marcada para o dia 26/11 e até lá vou marcando o combustível pela quilometragem percorrida.







5 comentários:

  Anônimo

20 de novembro de 2009 14:49

E aí, Tresso? Fora este problema do marcador de combustível, qual as suas impressões gerais sobre o carro, nestes 35.000Km? Está aprovado, a ponto de você recomendar a compra? Quais são suas experiências quanto ao atendimento e serviço da concessionárias, nas revisões? Houve "empurroterapia"? Vou fazer minha primeira revisão (de 1 ano,4.000Km, rodo pouco, e praticamente só em estrada), o carro está absolutamente perfeito, não tenho quiexa nenhuma, portanto, não quero nem ouvir me dizerem que as pastilhas do freio estão ruins, ou que o carro precisa de alinhamento, balanceamento, limpeza de bico... Vou exigir que façam apenas o recomendado no manual para a primeira revisão, e vou ficar lá, olhando. Ne verdade, o caro tem um probleminha sim: as palhetas do limpador de pará-brisas, um lixo de ruins, mas isso vou resolver trocando por outras compradas fora da concessionária (já que mesmo se me dessem de graça lá, seriam as Valeo que não prestam), da Bosch. Vi muitas reclamações quanto aos limpadores, e meu carro confirma a fama. Fora isso, absolutamente nenhuma reclamação, estou satisfeitíssimo com o Logan. No seu, houve problema com as palhetas?
Abraço,
Roberto Valentim.

  Anônimo

20 de novembro de 2009 14:55

Correções: onde está escrito "qual, quiexa, ne, e caro", ao longo de todo meu texto, leia-se "quais, queixa, na, e carro".
Roberto Valentim.

  Anônimo

25 de novembro de 2009 13:41

Meu Logam chegou aos 26.ooo km. Não troco por "outro". Não é excesso, não. Acho o Logan, meu primeiro carro zero, um veículo racional.
Não é grande no tamanho, mas belos, 4,25m, excelente espaço interno; bom motor 1.0 16v de 76CV. No álcool fica mais "nervoso" especialmente quando há estrada; belíssimo porta-malas. Carro alto, destaca-se. Posição de dirigir muito boa, agrada a gordos (meu caso), baixinhos e altinhos.
Palhetas do limpador do parabrisa ruins (de fábrica), baixa vedação acústica, mostrador de combustível nada confiável.
Claro, é um carro popular. Mas tem mais virtudes do que defeitos. Tenho pena do meu vizinho com seu "novo" Voyage e 3 recal e às voltas com a falta de freio, de espaço, etc.
Posso afiançar que é disparado o veículo com melhor custo-benefício para popular. Os outros, desculpem o modo de dizer e sem ofensa, mas são "carrinhos".
É uma questão de projeto. Meu próximo passo, em junho de 2010, Logan 1.6.
Se recomendo comprar um? Cada um decido onde aplica seu dinheiro. Mas o meu, com certeza, teve o retorno desejado (até porque nas duas revisões ainda não gastei R$ 300,00).
A todos um abraço,

Luiz Otávio

  Anônimo

25 de novembro de 2009 14:22

Amigo, tudo bem?, comprei meu logan (usado) e entrei na lista dos desafortunados, ainda não quero condenar o veículo, pois é muito cedo. Vamos lá, acabei de deixar o carro na concessionária para a revisão dos 20.000 (com 19364km) acabei de receber ligação do consultor da TECAR-DF informando, "Precisa trocar as pastilhas de freio", segundo problema, o sensor de temperatura apresenta oscilações; terceiro problema, quando ligo o ar condicionado a alavanca do câmbio treme e treme muito.

Será que fiz uma compra errada? aquela de se arrepender amargamente?

Abraços.

  Alcebiades

2 de dezembro de 2009 13:39

Já sofri com esse problema tb. a Troca do sensor ou da bóia como um todo, não me lembro no momento, resolveu. Quanto a chegar aos 35 mil Km, já passei faz tempo dessa fase..rsrsrs. Tô chegando nos 60 mil Km.

Abraço.

Alcebiades Alves.